terça-feira, 20 de setembro de 2016

Turismo em Pequim



Você está planejando uma visita à China e não sabe o que fazer por lá? Ou ainda nem se decidiu se vale a pena mesmo vistar? Se você gosta de história, Pequim, ou Beijing é a cidade perfeita para você.

Eu amei Beijing, como não gostar da cidade que possui uma mistura intensa de moderno e antigo, oriental e ocidental, tudo é tão rápido e acelerado e logo ao lado calmo e zen. Sim, a poluição, o trânsito e a multidão desanimam, mas não são muitas capitais no mundo que você pode visitar e testemunhar essa mistura tão facilmente. Segue a lista de alguns lugares que recomendo a visita.


A Grande Muralha



Com mais de 5 mil km de extensão a grande muralha da China é imperdível, a sua visita à muralha pode ser uma grande aventura, como escalar partes não renovadas e acampar por lá, ou mais calmo e seguro visitando os lugares restaurados e prontos para receber turistas, os mais populares são a Badaling e Mutianyu.

  Palácio de Verão


O Palácio de verão é uma estrutura maravilhosa e grandiosa, o melhor passeio em Pequim na minha opinião, jardins, templos e lagos com o mais puro design chinês. Passeie por tudo e não se esqueça de apreciar o pôr-do-sol, a vista é de tirar o fôlego.


O Ninho do Pássaro e o Cubo 




Ao norte da cidade, a construção colorida foi usada para as olimpíadas de 2008 e recomendo a visita ao entardecer. Para fugir dos dias quentes, os chineses costumam ir no Cubo, que foi transformado num parque aquático, mas prepare-se para o número alto de pessoas.


Praça Celestial da Paz



Fica em frete à Cidade Proibida, e foi nesta praça que Mao Tse Tung anunciou a criação da República Popular da China, a praça foi palco do famoso protesto pró-democracia já visto na China, em 1989, e também é mausóleo de Mao.

  Cidade Proibida



A Cidade Proibida, ou Palácio Proibido, das dinastias Qing e Ming, é um dos lugares incríveis que guarda centenas de mistérios. Uma visita à Pequim não está completa se você não andar por este enorme palácio. Foi construído em 1406, quando Pequim passou a ser a Capital Chinesa, possui 9.999 quartos, 99 marcas nas portas e o padrão número 9 é visto em outras centenas de partes espalhados pela construção, o número representada boa sorte para o imperador (alguns historiadores também dizem que 9 é o número do Imperador). É um local muito popular de visita entre os chineses, prepare-se para filas e mais filas e traga o seu passaporte, é obrigatório apresentá-lo ao comprar os bilhetes.

  Templo do Céu  



Um dos templos mais bonitos que eu já visitei, o passeio é extenso se você quiser conhecer todos os cantos e parques que estão situados no complexo, mas a beleza compensa.

  Wangfujing


Uma rua cheia de lojas de marcas caríssimas e tradicionais, e ao lado fica a famosa rua dos espetinhos chineses, cheia de especiarias estranhas para agradar os mais corajosos, é um lugar de turista, divertido para ir com amigos e testar o próprio estômago comendo aranha, bicho da seda, cobra e até escorpião.

  Sanlitun


A alegria dos turistas, este badalado local é cheio de restaurantes e bares que oferecem comida internacional e outras formas de lazer como cinema, karaokê e compras, muitas compras.


Houhai 




Ótima opção para quem viaja com crianças, neste parque é possível alugar pedalinhos ou barcos elétricos e passar horas aproveitando o dia e a bela vista.


Pandas, pandas, pandas


Em Beijing, o Zoológico não é bem cuidado e os animais estão sempre sujos e parecem doentes. Não recomendo a visita, se você quer ver pandas fofinhos e ainda contribuir com o centro de preservação da espécie, recomendo uma curta viagem a Chengdu em Sichuan.  


Nenhum comentário:

Postar um comentário