Ad 1

domingo, 14 de janeiro de 2018

Arrumando a mala perfeita




Eu amo viajar, eu passo semanas sonhando com o meu próximo destino, mas arrumar as malas não é o meu forte. E, infelizmente para mim, uma boa viagem começa ao embalar corretamente minhas coisas.

Passei alguns perrengues em viagens que eu não organizei uma boa mala e chegando no lugar precisei de itens básicos como shampoo, meias, até remédios.

Depois de tantas  malas mal organizadas, eu comecei a me programar melhor e ter uma rotina de organização que facilita a minha vida nas viagens, até mesmo quando faço a mala horas antes de viajar.
Eu sei que não sou a única que luta contra essa desordem, então eu queria fazer uma postagem agora que sou tão pro (brincadeira, mas estou chegando lá!). Tudo o que estou dizendo é que depois de tantas malas, tantos erros e acertos, aprendi algumas coisas e agora eu queria compartilhar meus planos e dicas para a embalagem.

COMO EMBALAR MELHOR?
Eu fiz várias pesquisas sobre fazer malas porque eu sabia que tinha que haver uma maneira mais fácil e melhor do que eu fazia. E depois de investigar (Temos um Sherlock aqui), percebi que havia informações suficientes para uma nova série inteira - então, diga HELLO para a mais nova mini série - TUDO SOBRE FAZER AS MALAS!
Primeiro, eu queria simplesmente tirar algumas dicas gerais de embalagem que se aplicariam para qualquer viagem - seja por negócios ou por prazer, longa ou curta, etc.

PLANEJAR COM ANTECEDÊNCIA
Antes de dirigir-se a qualquer lugar, faça um favor e aproveite o tempo para realmente pensar sobre a viagem e seu destino. Se você tem uma idéia geral do que você estará fazendo, tome nota para não esquecer . E enquanto você estiver nisso, não se esqueça de verificar a previsão do tempo para que você escolha suas peças de acordo. Eu sei que parece óbvio e uma perda de tempo, mas tome nota de quantos dias você estará viajando e as noites você estará dormindo longe de casa; Além disso, adicione todas as atividades que você com certeza saberá que você fará para ter em mente ao fazer sua lista de embalagem no próximo passo.

FAÇA UMA LISTA
Quanto mais cedo você pode começar, melhor! Assim que você tiver uma idéia geral do que você fará e quantos dias / noites você ficará, pode iniciar o processo de embalagem. Comece a fazer uma lista de coisas que você conhece, você precisará para os dias de viagem ou até semanas antes da viagem. Dessa forma, se você precisar comprar algo em preparação, você terá tempo suficiente para fazê-lo! É interessante anotar tudo que você usa no seu dia a dia, quais remédios toma, cosméticos mais usados, até mesmo o adaptador de tomada se você está viajando para o exterior. Prepare a lista com no mínimo uma semana de antecedência, assim o risco de você esquecer algo essencial é minimo.  

ESCOLHA UM ESQUEMA DE CORES
Escolha roupas que podem ser facilmente misturadas e combinadas. Para a minhas viagens eu normalmente escolho um esquema de cores básico para que eu possa facilmente combinar partes diferentes com fundos similares e não ter que colocar muitos pares de sapatos, casacos e acessórios.

ORGANIZE TUDO FORA DA MALA
Colocando todos os itens ajuda você a visualizar o que está empacotando e ter uma melhor idéia do que tudo o que você realmente precisa. Se você for um pouco parecida comigo, é cerca de 1/100 do que você quer colocar na mala. Ao escolher as roupas, tente (eu sei que é difícil!) escolher itens de roupas que possam ser facilmente misturados e combinados. Seja estratégico com suas roupas. E, mais especificamente, tente embalar peças que podem ser usados ​​com pelo menos 2 outras (por exemplo, jeans, calças pretas) para que você aproveite ao máximo cada item que você embala.
Depois de colocar tudo fora, dê uma olhada no seu itinerário (ou considere o número de dias que você estará viajando) e comece a eliminar. Você realmente precisa de tudo isso? Meu palpite é absolutamente não.

VIRE SUAS ROUPAS NO AVESSO
Virar todas as roupas para dentro antes de enrolá-las vai ajudar a manter manchas ou marcas estranhas que pode acontecer em algum acidente parte externa dos seus itens - a parte importante - ficará boa. Eu realmente não faço isso TODAS as minhas viagens, por puro esquecimento mesmo.

COLOCANDO NA MALA
Coloque roupas mais leves ou materiais mais sensíveis - como seda ou malhas - primeiro e empacote as coisas mais pesadas no topo para protegê-lo.

ENROLE, NÃO DOBRE
Esse é o meu truque favorito - especialmente quando eu tenho muitas coisas e quero otimizar meu espaço. fazer rolinhos é uma boa maneira de proteger as suas roupas e não deixá-las muito amassadas.


SAPATOS EM SACOS
Você não precisa investir se não quiser. simples sacolas plasticas funcionam muito bem para separar suas roupas dos sapatos. Quando faco viagens longas, costumo separa-los numa area única para sapatos, mas viagens curtas não é possível.  Eles também podem ser muito legais e você vai querer protegê-los. Eu gosto de colocar meus sapatos em sacos de tecido, aqueles próprios para calçados. Ou há bonitos "sacos de sapatos" que você pode obter se você não tiver. Isso ajuda a evitar marcas e seus saltos rasgando itens de roupas mais delicadas.

UTILIZE O ESPAÇO DENTRO DOS SAPATOS
Não desperdice o valioso espaço dentro dos seus sapatos - enrole suas meias  para colocar seus sapatos para ajudar a manter a forma e economizar espaço também! Outra dica é colocar óculos de sol ou outras coisas quebráveis ​​dentro de grandes botas com meias recheadas para proteger seus pertences mais sensíveis.

USAR PRODUTOS TAMANHO VIAGEM
Você com certeza da reparou naquelas embalagens pequenas de produtos como pasta de dente, hidratante, etc. E escolher esse produtos faz um mundo de uma diferença. Se você é uma dessas pessoas que traz seu shampoo e condicionador ENORME.. DEIXE isso! Invista em embalagens de viagem pequenas, coloque seu produto favorito dentro e não esqueça de colocar o nome do produto para não confundir depois.

*

Isso é tudo o que tenho para todos vocês hoje, mas espero que algumas (ou todas) essas dicas possa lhes ajudar. Mas por favor faça um comentário abaixo se você tiver alguma sugestão maravilhosa que perdi! Comente e compartilhe, todos nós precisamos aprender novas dicas e truques para viajar!




quinta-feira, 22 de setembro de 2016

8 dicas para acumular milhas e viajar de graça




Você com certeza já ouviu falar nos programas de milhas oferecidos pelas companhias aéreas e alguns cartões de crédito, certo? Mas como a maioria das pessoas, acha que precisa viajar muito ou comprar horrores para conseguir uma passagem de graça, alguns truques podem fazer você acumular mais pontos e eu vou ensinar aqui os mais populares.

Escolha o melhor cartão de crédito para você
Este na minha opinião é um dos principais pontos, cartões de créditos oferecem milhas somente por você usar ele, negocie no seu banco com seu gerente uma taxa menor, ou isenção da anuidade, até mesmo um prêmio para assinar aquele cartão eles oferecem, fique ligados nas promoções oferecidas. 

Pague tudo com seu cartão
Quando eu digo tudo, é absolutamente tudo, nada de colocar apenas as compras parceladas no cartão, faça compras no mercado, pague luz, água, telefone etc com seu cartão, até o cafézinho da padaria coloque no seu cartão de crédito, no fim do mês, você terá acumulado milhas com gastos que você teria feito de qualquer maneira. Mas não esqueça de pagar a fatura do cartão, os juros são astronômicos.

Seja fiel a um programa de milhas
Parece básico, mas me surpreendo com pessoas que reclamam que não acumulam pontos suficientes, mas sempre voam com companhias diferentes. Escolha um programa de afiliados e tente escolher voos dentro destas companhias aéreas. As opções mais populares são:


Compras Online
Alguns programas de milhas oferecem parcerias com grandes lojas varejistas online, e ao comprar produtos você recebe pontos por isso, ao assinar uma revista ou até mesmo pacote de internet, vale a pena acompanhar as promoções, cheque o site do seu programa de milhas escolhido e veja o que é oferecido. Eu já comprei até geladeira acumulando pontos (eba!).

Seu carro também te dá milhas
Abastecer seu carro em alguns postos pelo Brasil podem te dar pontos e serem trocados por milhas, por que não aproveitar.

Fique atento ao vencimento
Não deixe suas milhas vencerem. Se isso aconteceu, ligue para a empresa e tente reverter o vencimento negociando, muitas empresas estão dispostas a manter o cliente feliz, mas não custa lembrar de ser educado com a pessoa que está lhe atendendo, eu já deixei algumas milhas vencerem e infelizmente não consegui reverter, mas a operadora conseguiu reduzir o custo de uma passagem que eu queria resgatar. Ser educado e gentil pode te levar longe (literalmente).

Promoções
Muitas companhias oferecem promoções com milhas, você pode fazer uma viagem para outro continente pela mesma quantidade de milhas que pagaria na América Latina, ou viajar para algum país na América Latina pelos mesmos pontos que viagem interna, ao ver essas promoções aproveite para viajar de graça e aproveitar todas a maravilhas do mundo.


Trip Advisor
Avaliações de lugares que você já visitou podem te render pontos, você não precisa viajar para começar, pode avaliar pontos turísticos e restaurantes da sua região.




terça-feira, 20 de setembro de 2016

Turismo em Pequim



Você está planejando uma visita à China e não sabe o que fazer por lá? Ou ainda nem se decidiu se vale a pena mesmo vistar? Se você gosta de história, Pequim, ou Beijing é a cidade perfeita para você.

Eu amo Beijing, como não gostar da cidade que possui uma mistura intensa de moderno e antigo, oriental e ocidental, tudo é tão rápido e acelerado e logo ao lado calmo e zen. Sim, a poluição, o trânsito e a multidão desanimam, mas não são muitas capitais no mundo que você pode visitar e testemunhar essa mistura tão facilmente. Segue a lista de alguns lugares que recomendo a visita.


A Grande Muralha



Com mais de 5 mil km de extensão a grande muralha da China é imperdível, a sua visita à muralha pode ser uma grande aventura, como escalar partes não renovadas e acampar por lá, ou mais calmo e seguro visitando os lugares restaurados e prontos para receber turistas, os mais populares são a Badaling e Mutianyu.

  Palácio de Verão


O Palácio de verão é uma estrutura maravilhosa e grandiosa, o melhor passeio em Pequim na minha opinião, jardins, templos e lagos com o mais puro design chinês. Passeie por tudo e não se esqueça de apreciar o pôr-do-sol, a vista é de tirar o fôlego.


O Ninho do Pássaro e o Cubo 




Ao norte da cidade, a construção colorida foi usada para as olimpíadas de 2008 e recomendo a visita ao entardecer. Para fugir dos dias quentes, os chineses costumam ir no Cubo, que foi transformado num parque aquático, mas prepare-se para o número alto de pessoas.


Praça Celestial da Paz




Fica em frete à Cidade Proibida, e foi nesta praça que Mao Tse Tung anunciou a criação da República Popular da China, a praça foi palco do famoso protesto pró-democracia já visto na China, em 1989, e também é mausóleo de Mao.

  Cidade Proibida




A Cidade Proibida, ou Palácio Proibido, das dinastias Qing e Ming, é um dos lugares incríveis que guarda centenas de mistérios. Uma visita à Pequim não está completa se você não andar por este enorme palácio. Foi construído em 1406, quando Pequim passou a ser a Capital Chinesa, possui 9.999 quartos, 99 marcas nas portas e o padrão número 9 é visto em outras centenas de partes espalhados pela construção, o número representada boa sorte para o imperador (alguns historiadores também dizem que 9 é o número do Imperador). É um local muito popular de visita entre os chineses, prepare-se para filas e mais filas e traga o seu passaporte, é obrigatório apresentá-lo ao comprar os bilhetes.

  Templo do Céu  



Um dos templos mais bonitos que eu já visitei, o passeio é extenso se você quiser conhecer todos os cantos e parques que estão situados no complexo, mas a beleza compensa.

  Wangfujing


Uma rua cheia de lojas de marcas caríssimas e tradicionais, e ao lado fica a famosa rua dos espetinhos chineses, cheia de especiarias estranhas para agradar os mais corajosos, é um lugar de turista, divertido para ir com amigos e testar o próprio estômago comendo aranha, bicho da seda, cobra e até escorpião.

  Sanlitun


A alegria dos turistas, este badalado local é cheio de restaurantes e bares que oferecem comida internacional e outras formas de lazer como cinema, karaokê e compras, muitas compras.


Houhai 




Ótima opção para quem viaja com crianças, neste parque é possível alugar pedalinhos ou barcos elétricos e passar horas aproveitando o dia e a bela vista.


Pandas, pandas, pandas


Em Beijing, o Zoológico não é bem cuidado e os animais estão sempre sujos e parecem doentes. Não recomendo a visita, se você quer ver pandas fofinhos e ainda contribuir com o centro de preservação da espécie, recomendo uma curta viagem a Chengdu em Sichuan.  


Ad2